Futura Ministra de Mulheres, Família e Direitos Humanos já alvo de críticas por ser evangélica

Damares Alves, a futura Ministra de Mulheres, Família e Direitos Humanos, está sendo linchada nas redes sociais e tendo sua vida revirada e destruída pelos jornalistas.

Enquanto isso, até agora NINGUÉM, nem NENHUMA mídia, revelou que Damares:
- Sofreu abuso sexual aos 06 anos de idade, tornando-se incapaz de ter filhos.
- É mãe adotiva de uma menina índia, que foi vítima de tentativa de infanticídio.
- É criadora do Movimento Nacional Meninas e Meninos, que nos anos 80 ajudou a tirar das ruas de Sergipe mais de 500 crianças.
- É coordenadora do Movimento Brasil Sem Drogas.
- Advoga voluntariamente há 30 anos para mulheres que sofrem de violência doméstica.

	Mas tudo isso não é levado em conta pelos críticos e jornalistas. Afinal, para eles, o maior problema da nova ministra é ser evangélica. E hoje em dia, ser cristão está se tornando um crime terrível para a Nova Ordem Mundial.
  • Sofreu abuso sexual aos 06 anos de idade, tornando-se incapaz de ter filhos.
  • É mãe adotiva de uma menina índia, que foi vítima de tentativa de infanticídio.
  • É criadora do Movimento Nacional Meninas e Meninos, que nos anos 80 ajudou a tirar das ruas de Sergipe mais de 500 crianças.
  • É coordenadora do Movimento Brasil Sem Drogas.
  • Advoga voluntariamente há 30 anos para mulheres que sofrem de violência doméstica. Mas tudo isso não é levado em conta pelos críticos e jornalistas. Afinal, para eles, o maior problema da nova ministra é ser evangélica. E hoje em dia, ser cristão está se tornando um crime terrível para a Nova Ordem Mundial.
Pastora Damares Alves – Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*